Publicado às 13h desta terça (9) / Fotos: Max Rodrigues

Diante a ausência de investimentos do poder público, o estádio Nildo Pereira de Menezes, ‘O Pereirão’, em Serra Talhada está agonizando, no bairro da Várzea. O Farol recebeu denúncias de populares apaixonados pelo esporte no município e que estão revoltados com a situação do estádio.

Enviamos uma equipe de reportagem ao local nessa segunda-feira (8) e constatamos o total abandono do equipamento que vai do gramado ao vestiário, passando pelas arquibancadas, pinturas, alambrados, bancos de reservas, instalações elétricas e hidráulicas.

Provocado nesta terça-feira (9) a dar uma explicação sobre o abandono do Pereirão, o secretário Municipal de Esportes, Gin Oliveira, negou que esteja sendo omisso.

Falando ao programa Frequência Democrática, na Vilabela FM, ele disse que existe uma verba no valor de R$ 300 mil alocada pelo deputado Kaio Maniçoba (PMDB) para que se possa aplicar na melhoria do estádio.

Gin Oliveira, no entanto, não soube precisar quando as reformas deverão começar.

“Eu tenho me preocupando bastante. Realmente, o Pereirão clama por uma recuperação. Essa verba não é o suficiente. Ali é para ser algo em torno de R$ 2 ou R$ 3 milhões para que possa mexer em toda a estrutura, porque em todo o canto que se olha precisa de uma recuperação”, disse Gin, se defendendo:

“Eu não aceito ser tachado de omisso nem tachar o prefeito de omisso. O dinheiro (R$ 300 mil) está empenhado e agora vamos para o primeiro passo que é fazer o projeto, levar até a Caixa Econômica para aprovar o projeto, para depois licitar e depois vamos iniciar (a recuperação), o que deve começar no prazo de seis meses. É complicado, mas vamos priorizar emergencialmente o gramado”.

CONTRAPARTIDA

Além dos R$ 300 mil que devem ser destinados à revitalização, o secretário Gin Oliveira revelou que a contrapartida da prefeitura será de apenas R$ 28 mil. “O valor é pouco e temos que fazer mágica”, disse garantindo que o gramado vai ser trocado por inteiro.

Indagado sobre qual a rubrica que a Secretaria de Esportes irá dispor no orçamento de 2018, Gin Oliveira não soube precisar os recursos de sua própria pasta, mas se preocupou em dizer que o governo Duque foi um dos que mais investiram no esporte na história de Serra Talhada.

“Só em 2017 foram mais de 5 milhões só em contrapartidas”, argumentou.

     

Compartilhe isto: