Fotos: Farol de Notícias/Max Rodrigues

Publicado às 10h30 desta segunda-feira (4)

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro da Cagep, foi arrombada no final da tarde desse domingo (3). É a terceira vez que o equipamento é furtado, sem qualquer reação da prefeitura. A última ação dos bandidos foi no dia 9 de março, onde os bandidos levaram quase tudo (relembre).

Nesse domingo, os ladrões reviraram a casa e até levaram alguns móveis para os fundos, como estufa, bebedouro e outros, mas não deu tempo leva-los. Informações extra-oficiais garantem que a polícia teria chegado antes, mas ninguém foi preso.

O problema agora é o medo instalado entre os funcionários que estão preocupados com a própria segurança.

“Já é a terceira vez que esta unidade de saúde está sendo furtada. E o pior: não estão fazendo nada. Aqui está sendo sempre roubado e ninguém faz nada. A enfermeira vai lá (Secretaria de Saúde) e dizem que não querem saber de nada. Eu acho que nem o prefeito sabe do que está acontecendo. Uma funcionária já deu de cara com um homem aqui dentro e ele correu. Também usam drogas ao redor do posto”, desabafou a Agente Comunitária e Saúde (ACS) identificada como Marluce.

Também em conversa com o FAROL, uma outra funcionária que se identificou como Evelyne, resumiu como é o clima após o arrombamento.

“A gente tem medo de a qualquer momento chegar um desses e colocar uma arma em nossa cabeça e até estuprar a gente. A gente quer providências”, declarou.

 

 

Compartilhe isto: