Publicado às 04h16 desta quarta-feira (8)

Continua a rotina de crimes contra o patrimônio nos bairros e zona rural de Serra Talhada. No bairro Borborema, próximo a BR-232, a residência de um homem, de 47 anos, foi invadida. O crime aconteceu por volta da meia noite desta segunda-feira (6). A carteira porta cédulas da vítima foi levada.

De acordo com a vítima, o vidro da porta da frente estava quebrado e os bandidos aproveitaram para entrar na casa e cometer o crime. Por sorte os bandidos não deram um prejuízo maior, pois na carteira só continha os documentos de RG, CPF, Reservista e documentos de um veículo.

Também nesta segunda-feira (6), uma aposentada descobriu que foi vítima de estelionato ao ir ao banco sacar o seu pagamento. De acordo com a mulher, de 63 anos, no momento do saque percebeu que parte do seu dinheiro estava faltando e funcionários do banco informaram que um empréstimo consignado foi realizado em seu nome.

A idosa procurou a delegacia de polícia para registrar o caso. No depoimento ainda informou que o empréstimo teria sido realizado no dia 05 de maio de 2018, no valor de R$ 10.300, divididos em 72 parcelas de R$ 286.

ZONA RURAL

Ainda na manhã dia 2 agosto, na última quinta-feira, na Rua do Açude, do distrito de Varzinha, uma moradora comunicou que bandidos levaram o medidor de energia de sua casa, que pertence a Celpe.

Segundo a vítima, de 39 anos, foi danificado o aparelho, furtaram o relógio de medição resolveu procurar a Delegacia de Polícia para evitar problemas com a companhia elétrica.

 

Compartilhe isto: