Casos suspeitos de cartões clonados vitimando serra-talhadenses têm aumentado consistentemente, de acordo com um breve balanço de ocorrências realizado pelo FAROL junto à Delegacia de Serra Talhada.

Esta semana, mais uma vítima prestou queixa de fraudes sequenciadas em sua conta bancária. No total, os valores retirados chegaram a R$ 2.685.

A polícia informou que o montante foi gasto em compras no comércio de Serra Talhada. “A vítima percebeu isso após tirar um extrato”, comentou um dos investigadores ouvidos pela reportagem.

Eles verificaram que as compras no número do cartão da vítima vêm ocorrendo desde o ano passado. Apesar de registrado como furto, o caso deve entrar na estatísticas de fraude e estelionato.

 

Compartilhe isto: