Publicado às 04h48 desta quarta-feira (1)

Na véspera do Dia de Finados o ritmo de funcionários da prefeitura, das cuidadoras de túmulo e de alguns familiares é frenético dentro do Cemitério de Serra Talhada, tudo para deixar o ambiente mais confortável para quem pretender externar os sentimentos onde encontra-se sepultado algum ente querido.

Mesmo com a temperatura superando a casa dos 40 Graus e com a baixa umidade registrada nos últimos dias na cidade, homens, mulheres e até crianças trabalham para aguar os jardins e também na reforma de algumas sepulturas.

Em meio as alamedas que separam os cemitérios ‘velho’ e o ‘novo’, é possível perceber a presença de pedreiros e pintores, restaurando ou construído novos jazigos, alguns com traços arquitetônicos modernos e com certo requintes, ao mesmo tempo, outros jazigos deixam a impressão do esquecimento.

As imagens são do repórter fotográfico do Farol, Max Rodrigues.

 

Compartilhe isto: