filas-bancos-st-farol-1Nos últimos dias, estelionatários levaram mais de R$ 7 mil reais de serra-talhadenses em golpes aplicados dentro de agências bancárias da cidade. Só no balanço do final de semana, o FAROL apurou que a Polícia Civil autuou três crimes do tipo onde as vítimas, todas mulheres, acreditaram em falsas ajudas e promoções oferecidas por pessoas estranhas.

Um dos casos foi registrado na última sexta-feira (4), quando uma mulher moradora do bairro São Cristóvão teve R$ 1.146 roubados após aceitar a orientação de um falso funcionário de uma agência localizada na praça Sérgio Magalhães, no Centro. Na delegacia, a vítima informou que estava tentando sacar a aposentadoria da mãe e que o homem era bastante educado e “não parecia um ladrão”.

Outro caso registrado na delegacia vitimou uma agricultora de 48 anos, natural do sítio Fazenda Conceição, na zona rural. Em depoimento à polícia, ela relatou que teve R$ 3.199 roubados por um homem que ligou para o seu telefone se passando por um funcionário da empresa Vivo. Sem desconfiar da falsa identidade, ela foi informada que havia ganho uma promoção no valor de R$ 10 mil e mais uma cozinha completa.

A vítima foi convencida pelo criminoso a ir em uma das agências bancárias da cidade para realizar uma série de transações financeiras que, somadas, ultrapassaram R$ 3 mil em depósitos. Além disso, ela também foi convencida a fazer um empréstimo no valor de R$ 5 mil. Mas após prestar queixa na delegacia cancelou a transação.

O terceiro caso também ocorreu neste fim de semana, quando a vítima disse à polícia que um estelionatário lhe roubou R$ 3.500. No relato, ela contou que também aceitou ajuda de um estranho, dentro de uma agência bancária de Serra Talhada, que se mostrou solícito em orientá-la a mudar a senha do seu cartão de saque.

No decorrer da transação, o homem desapareceu com toda a quantia e deixou com a vítima um cartão no nome de outra pessoa.

Compartilhe isto: