Fotos: Assessoria Ciosac

Na última sexta-feira (15), na sede da Ciosac (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área da Caatinga), em Custódia, a 100 km de Serra Talhada, teve início mais um estágio de adaptação e sobrevivência na Caatinga para alunos do Comando de Operações Táticas do Distrito Federal, unidade de elite da Polícia Federal.

Tida como referência nacional em operações de combate e sobrevivência em terreno de caatinga, a Ciosac foi escolhida mais uma vez, pelo Comando de Operações Táticas da Polícia Federal (COT), para ministrar técnicas de operações e sobrevivência no ambiente de Caatinga.

Estão no campo de instrução da Ciosac 16 alunos do 10° Curso de Operações Táticas – COT. O grupo é composto por integrantes da unidade, bem como, por três oficiais das polícias dos estados da Bahia, Rio Grande do Norte e Alagoas.

Durante o estágio os alunos receberam instruções de patrulhamento rural, combate e erradicação de roças de maconha, marchas na Caatinga, montanhismo, sobrevivência e participarão de operações reais, onde aplicarão todos os conhecimentos adquiridos. Ao final do estágio, os alunos concluintes estarão aptos a operar e sobreviver no terreno de Caatinga.

Compartilhe isto: