Publicado às 10h14 desta sexta-feira (13)

Já está virando rotina. Mais um prédio público teve a energia elétrica cortada por falta de pagamento, no município de Mirandiba, no Sertão Central.

Desta vez foi a Unidade de Saúde da Cohab (Foto), que sofreu o corte na última quarta-feira (11). Antes, foram cortados o fornecimento da Escola Expedito Lopes e até da sede da prefeitura. Entretanto, a situação de todos os equipamentos foram regularizadas.

A administração da prefeita Rose Cléa Máximo vive uma crise sem tamanho, onde até o vice-Prefeito Hailton Rodrigues rompeu tornando-se um dos principais adversários da gestora.

Diariamente, emissoras de rádio de Serra Talhada divulgam áudios de pessoas reclamando sobre a falta de médicos, medicamentos e atraso no pagamento dos servidores.

Nesta sexta-feira (13) uma rádio da capital do xaxado provocou a prefeita a se manifestar sobre as constantes denúncias, mas não houve resposta.

 

Compartilhe isto: