Fotos: Farol de Notícias/Max Rodrigues

Publicado às 04h53 deste domingo (28)

Na tarde deste sábado (27) algumas tendências internas do Partido dos Trabalhadores, movimentos sociais, sindicatos ligados à CUT (Central Única dos Trabalhadores) e representantes da legenda de várias regiões do estado, lançaram o nome de Marília Arraes, como pré-candidata do PT ao governo de Pernambuco. A jovem vereadora tem 33 anos, é formada em Direito pela Faculdade de Direito do Recife (UFPE), é casada e mãe de uma filha.

Após agradecer o apoio do prefeito Luciano Duque, a vereadora aumentou o tom do discurso e disse que no seu governo quem quiser participar “vai ter que colocar o pé no chão e conhecer o estado”, porque “tem gente que só conhece o estado pela internet”, e alfinetou de forma indireta o governador Paulo Câmara (PSB) ao afirmar que no seu governo “as secretarias não serão divididas como uma pizza”.

“Aqui a gente vai fazer diferente, porque nós temos essa obrigação. Essa obrigação não é à toa. Não é pouca essa responsabilidade que vocês estão me dando hoje, eu quero cumpri-la, com a força de quem tem a história nos ombros, mas que tem um futuro muito grande e quer construir um futuro melhor para os pernambucanos e pernambucanas”, concluiu a pré-candidata a governadora, que no final do evento saiu carregada nos ombros e ovacionada pela militância petista.

 CÂMARA E ELOGIOS A DUQUE

Mesmo estando na oposição ao governo Paulo Câmara (PSB), os líderes do PT evitaram críticas ao governador, de forma direta. As únicas foram feitas pela deputada estadual Tereza Leitão (PT).

A parlamentar, que também é professora da rede estadual de ensino, cobrou de Câmara o cumprimento da promessa feita na campanha de 2014, de elevar o salário em 100% durante o mandato.

“Cadê as promessas de campanha do governador? Cadê os nossos salários dobrados? Cadê o aumento de 100% dos nossos salários? Nem o piso ele quer negociar”, disse a deputada.

Tereza Leitão aproveitou a oportunidade para enaltecer o papel do prefeito Luciano Duque na realização do evento.

“Há muito tempo Luciano Duque, você que organizou esse ato. Há muito tempo, principalmente nos últimos anos, eu não vejo no Partido dos Trabalhadores tanta energia positiva. Eu não vejo tanta integridade em uma militância. Eu não vejo tanta vontade de levantar nossa bandeira, e nós não podemos desperdiçar isso. Parabéns Luciano! Esse ato é em Serra Talhada, mas é um ato de dimensão estadual”.

 

 

Compartilhe isto: