A polícia continua em busca nesta quarta-feira, 15, do segundo suspeito de matar e queimar uma mulher em Flores, a 48 km de Serra Talhada. Ele e o ex-companheiro da vítima teriam cometido o crime na noite da segunda-feira, 13. O corpo da vítima só foi encontrado pela polícia nessa terça-feira, 14.

De acordo com a Polícia Civil da cidade, Regina Candida Alves, de 27 anos, teria ido até o sítio Nunes, na zona rural do município, para se encontrar com o ex-marido, Cícero Moura da Silva, de 46. No encontro, eles discutiram. O suspeito, com a ajuda do um segundo comparsa, que ainda não foi identificado, efetuaram vários tiros e golpes de foice contra a vítima. Após o crime eles ainda queimaram o corpo de Regina.

Durante a tarde dessa terça, após investigações, os policiais conseguiram prender Cícero, que estava na cidade de Betânia. Ele foi levado para a Delegacia de Flores, onde prestou depoimento. À Polícia Civil, ele disse ter cometido o crime porque ele e a vítima tinham voltado com o relacionamento, mas a mulher estaria o traindo. O corpo de Regina foi levado ao Instituto de Medicina Legal , no Recife. Já o suspeito foi encaminhado para a cadeia pública de Flores.

Do NE10

Compartilhe isto: