Durante décadas o Rio Pajeú foi o espaço mais democrático de Serra Talhada, local onde todas as classes sociais se encontravam, independente de idade, sexo ou religião.

A imagem acima é mais uma confirmação da importância do rio para o município ao longo do tempo. A foto é da década de 1960 e mostra um grupo de jovens posando dentro do leito do Pajeú, enquanto um outro grupo se diverte jogando bola na areia.

É visível a alegria de alguns personagens da foto que brincam de forma descontraída com a ainda limpa e transparente água do rio.

Vale ressaltar que na época a cidade era abastecida pelas águas que eram bombeadas de dois poços que ficavam no Pajeú, além de alguns cacimbões onde os moradores mais pobres abasteciam os seus lares carregando as velhas latas de água na cabeça ou em varas, formando os populares ‘galões de água’.

Nos dias atuais a realidade é completamente oposta, o rio possui vários donos, as águas são poluídas e o leito virou deposito de lixo. Um triste cenário para um lugar que já simbolizou a alegria e o bem de um povo que sofria com as constantes estiagens e a falta de lazer.

Compartilhe isto: