Do Diario de PE

A divulgação de um vídeo com uma série de frases ditas pelo Padre Fábio de Melo durante uma missa causou polêmica nas redes sociais por suposta intolerância com religiões de matrizes africanas.

No trecho da missa, com pouco mais de três minutos, o eclesiástico fala sobre o poder de Cristo e o “medo de ‘macumba’” dos fiéis.

“Se você achar, se você, de fato acredita, que uma galinha preta na porta da sua casa, com um litro de cachaça e uma farofa de banana tem o poder de trazer destruição na sua casa, na sua vida, você não conhece a força do Cristo ressuscitado”, comenta o eclesiástico, que logo emenda uma “piada” na fala. “Com todo respeito a quem faz a macumba, pode fazer na porta da minha casa que se tiver fresco a gente come”.

Publicado na última sexta-feira (4), o vídeo atingiu mais de 2,7 milhões de views e quase 100 mil compartilhamentos nas redes sociais, acumulando uma série de comentários, em sua maioria, repreendendo as falas. “As mesmas ervas e minerais que defumam a igreja defumam nossos terreiros, a mesma água usada para benzer os fiéis são usadas para os consulentes, as águas de mãe Oxum de Deus. O trigo para fazer as hóstias é o mesmo usado para a farofa”, comentou um dos internautas.

Aos 47 anos de idade, Padre Fábio de Melo foi ordenado em Minas Gerais no ano de 2001 e hoje é ‘queridinho’ das redes sociais com 8,7 milhões seguidores no Instagram. Na rede social, ele compartilha vídeos de cachorros e crianças e faz piadas com situações do cotidiano. Procurada pelo Viver, a assessoria de imprensa do artista disse que deve comentar o caso por nota oficial em breve.

Compartilhe isto: