Publicado às 04h30 desta segunda-feira (11)

O pedreiro José Leite da Silva Neto, 45 anos, foi morto com um tiro de espingarda na região do tórax, no final da tarde do último sábado (9), no Sitio Baixa, na zona rural de Serra Talhada. O principal suspeito do crime é Adriano Bernardo da Silva, 46 anos, também pedreiro.

Este é o 13º homicídio registrado em Serra Talhada este ano. O último assassinato ocorreu no final de abril quando um jovem de 15 anos foi morto com um golpe de faca no bairro da Cohab (relembre).

Em depoimento a polícia, uma testemunha informou que a vítima estava ingerindo bebida alcoólica com o seu algoz.

A testemunha, que está sendo preservada, informou que deixou os dois conversando e foi dormir um pouco num local próximo, quando acordou com o disparo de arma de fogo e ao retornar ao local, avistou Adriano Silva fugindo com uma bolsa e uma espingarda.

Eles bebiam numa pedreira. A testemunha encontrou José Leite da Silva Neto agonizando, mas ainda com força suficiente para informar o nome do assassino.

A vítima levou cerca de cinco horas pedindo ajuda e sem socorro, uma vez que o local era sem comunicação e de difícil acesso.

A PM só foi informada do crime na manhã desse domingo (10), após a testemunha ter procurado a sede do 14º BPM.

 

Compartilhe isto: