Publicado às 05h deste sábado (9)

A Delegacia Municipal de Serra Talhada, sob a coordenação do delegado Cley Anderson Rodrigues, desvendou mais um crime na capital do xaxado.

A investigação sobre o suposto estupro de uma jovem de 19 anos, casada, que teria sido amarrada e estuprada por um homem encapuzado, no bairro Tancredo Neves, no mês passado (relembre), foi concluída em menos de trinta dias.

Em conversa com o Farol de Notícias,o delegado concluiu que houve uma espécie de ‘armação’ e não houve estupro, mas uma tentativa de desvio de foco.

O Inquérito Policial já foi enviado à Justiça.

“As pessoas estavam mentindo. Devido exclusivamente ao trabalho desenvolvido pela Polícia Civil, conseguimos provar que a situação não existiu. Quem mentiu será indiciado por denunciação caluniosa”, declarou o delegado, afirmando que o trabalho da polícia foi feito com seriedade, com a preocupação de dar respostas à sociedade”, reforçou Cley Anderson Rodrigues.

Compartilhe isto: