Publicado às 18h desta terça-feira (12)

O Requerimento 029/2018 de autoria do vereador Rosimério de Cuca (PMN), que cobrava transparência com os gastos realizados pela Prefeitura de Serra Talhada, com veículos locados, foi derrotado nessa segunda-feira (11) por 7X5.

O vereador queria saber quanto era gasto com a locação de cada veículo, a qual secretaria era locado, e também cobrava a adesivação de cada automóvel.

“Meu sentimento é de dever cumprido. Dormi tranquilo, coloquei minha cabeça no travesseiro e levantei de cabeça erguida com o sentimento de dever cumprindo na função de um legislador de um vereador, que é fiscalizar, que é cobrar, que é criticar, que é colocar indicações, projetos e requerimentos”, disparou o parlamentar, durante entrevista ao programa Frequência Democrática, na rádio Vila Bela FM.

O Farol apurou que antes da votação o secretário de Governo, Faeca Melo, organizou uma reunião de última hora com a bancada governista, orientando o arquivamento do pedido. Isso teria provocado revolta em alguns vereadores.

O argumento dos governistas é que as informações estariam no portal da transparência.

“De forma alguma, existe o portal da transparência da prefeitura, mas eu acredito que ali vai para o portal da transparência 20 a 30% do que realmente acontece na prefeitura. Esse negócio do portal da transparência é balela, é um engana povo. Só os otários é quem acreditam nessa coisa”, sapecou o parlamentar.

COMO VOTOU CADA VEREADOR:

A FAVOR DO REQUERIMENTO-  Rosimério de Cuca, Pinheiro do São Miguel, Gilson Pereira, Antonio de Antenor e Jaime Inácio. AUSENTES: Vera Gama e Dedinha Inácio.

CONTRA O REQUERIMENTO: Sinézio Rodrigues, Antonio Rodrigues, Paulo Melo, Ronaldo de Deja, Zé Raimundo e Agenor de Melo Lima e André Maio.

 

Compartilhe isto: