Fotos: Farol de Notícias / Max Rodrigues

Publicado às 17h20 desta segunda-feira (4)

Na manhã dessa segunda-feira (4) por pouco não aconteceu uma tragédia quando desabou parte do telhado do Concha’s Rock Bar, que fica na Praça Agamenon Magalhães, no Centro de Serra Talhada, na Concha Acústica. Em conversa com o Farol de Notícias, o proprietário do estabelecimento, Hemerson Rocha, de 32 anos, afirmou que inaugurou o bar há apenas 1 ano e dois meses e no imóvel está há oito meses.

Rocha lamentou o acontecido, mas ficou aliviado por o desabamento não ter machucado ninguém e que aconteceu durante a semana enquanto o espaço está fechado. Ele ainda afirmou que a suspeita é que cupins desgastaram a madeira do teto provocando o acidente deixando cerca de R$ 20 mil de prejuízo.

“Umas 11h da manhã os vizinhos ligaram para mim dizendo que tinha cedido o teto, cheguei para conferir e estava sem o teto. A principio eu imaginei ser algum problema com a construção na casa vizinha, mas depois vimos que foi em uma linha central que acabou corroendo, se desgastando e cedeu. A gente funciona o bar na sexta e no sábado e veio ceder agora na segunda, ainda bem que não foi no final de semana. Um desabamento desse não causaria só ferimento, causaria morte. Eu acho que prejuízo é alto, mais de R$ 20 mil para reestruturar as paredes para aguentar um novo teto. Mas vamos lá, o Concha’s é um espaço de resistência”, declarou o empresário.

Diante do incidente, o Conselho Regional de Engenharia (CREA) iniciou um estudo para investigar as causas do acidente, mas aconselhou a proprietária do imóvel a procurar um engenheiro para dar informações mais técnicas.

“A gente foi solicitado para averiguar um desabamento e orientamos o proprietário a contratar um engenheiro civil calculista e que tenha especialidade em perícia para fazer o laudo e a perícia, o profissional vai apresentar o diagnóstico do que realmente causou o acidente. Não podemos ainda dar nenhum parecer”, explicou João Diniz, fiscal do Crea.

Compartilhe isto: