Fotos cedidas pela Polícia Militar de Pernambuco

Publicado às 17h30 desta quarta-feira (29)

Após um trabalho incessante do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), Polícia Civil e cooperação da Polícia Federal (PF), foram presos nesta quarta-feira (29), em São José do Belmonte, no Sertão Central, os suspeitos do homicídio de um adolescente de 16 anos, da tentativa de assassinato do mecânico Elisandro Nunes de Souza, 37 anos, e do florestano César Rodrigues da Silva, 31 anos.

O crime ocorreu nessa terça-feira (28) em Serra Talhada, na Avenida João Gomes de Lucena, próximo ao viaduto, dentro de uma borracharia [relembre].

De acordo com informações do 14º Batalhão de Polícia Militar, foram presos Ewerton Pablo de Souza, 24 anos, e Antonio Domingos de Menezes Neto, 35 anos, suspeitos de participação no ‘ataque da BR-232’.

Ainda segundo informações da Polícia Militar, a prisão ocorreu no Sítio Siqueira, na zona rural de São José do Belmonte, por volta das 13 horas desta quarta-feira (29), após uma longo trabalho de campana dos policiais envolvidos.

ARSENAL DE GUERRA

O que chamou a atenção da polícia foi o grande arsenal encontrado com os suspeitos. Foram quatro armas de fogo, das quais, três de uso restrito e 206 munições de vários calibres.

Também foi detido um terceiro suspeito por porte ilegal de arma e munições.

A polícia relatou que os dois acusados da ação em Serra Talhada foram reconhecidos por César Rodrigues, principal alvo dos bandidos.

Além das centenas de munições, foram encontrados no sítio uma pistola, dois revólveres calibre 357, um revólver calibre 38 e três rádios de comunicação. Todos os envolvidos foram encaminhados para Delegacia de Polícia de Serra Talhada.

 

 

Compartilhe isto: