Fotos: Farol de Notícias / Max Rodrigues / arquivo do Professor Paulo César Gomes

Publicado às 05h desta quinta-feira (7)

No dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, o Farol de Notícias relembra o pioneiro transplante do umbuzeiro São José, ocorrido há sete anos.

O umbuzeiro estava localizado no meio de um loteamento e, por iniciativa do Colégio Francisco Mendes, em parceria como o professor Daniel Duarte da UFPE, foi feita a remoção da árvore, inicialmente para a parte interna do colégio, e atualmente está com acesso livre para toda a comunidade.

O projeto aconteceu 2009 e somente a árvore foi removida da área loteada com a ajuda de uma retroescavadeira.

O nome do umbuzeiro foi dado pelos alunos e a ação buscou estimular o interesse pela preservação do bioma caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro e que sofre com a devastação em grande escala na nossa região.

Recentemente a reportagem do Farol visitou o local e pode conferir que o transplante foi um sucesso, o resultado é visto na grande quantidade de umbus produzidos e pelas frondosos galhos que brotaram da árvore. Por tabela, a árvore virou uma atação.

É um dos raros casos de transplante no Sertão de Pernambuco e a experiência mostra que aos invés do estimulo da derrubada de arvores nativas ou não, a cultura do transplante deveria ser adotadas pelo poder público e privado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
˜
Compartilhe isto: