Publicado às 06h15 desta sexta-feira (13)

A reaproximação entre PSB e PT pode ter importante capítulo na semana que vem, quando os presidentes das legendas, Carlos Siqueira, e a senadora Gleisi Hoffmann (PT) pretendem se encontrar. Apesar dos seguidos pedidos de reunião pela petista, Siqueira vinha postergando o encontro.

Gestos de “boa vontade”, porém, tiveram início somente após o ex-presidente Lula encontrar em agosto com a família do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em 2014. Lula pediu esforço dos petistas para a reaproximação.

Ao lhe perguntarem, Siqueira diz que é apenas conversa e que tem mantido encontros com outros partidos.

Serra Talhada

Caso a união PT/PSB seja de fato selada, haverá mudanças no quadro político-eleitoral de Serra Talhada. O vereador Sinézio Rodrigues, por exemplo, que é pré-candidato a deputado estadual, deve abdicar da disputa. Ainda na CÂmara, os vereadores governistas que ‘batem forte’ no governo Paulo Câmara, terão que fazer contorcionismo para mudar o discurso ou silenciar diante o governo socialista.

Já o prefeito petista Luciano Duque, que defende a pré-candidatura de Marília Arraes, terá que mudar a postura e deve ocorrer uma aproximação com o deputado federal licenciado Sebastião Oliveira.

Farol com informações da revista Época

Compartilhe isto: