Publicado às 17h42 desta quinta-feira (17)

O vereador líder do governo, André Maio, disse que o relatório da Controladoria Geral da União (CGU) emitido na semana passada [veja aqui] apontando irregularidades em centenas de obras públicas espalhadas pelo Brasil, inclusive Serra Talhada, está equivocado.

Interpretando o fato como uma denúncia da TV Globo, o parlamentar disse que achou tudo “descabido” e explicou por quê durante o programa Frequência Democrática, nesta quinta-feira (17).

“Essa denúncia da TV Globo é totalmente descabida. Até porque fala que tem uma empresa de fachada e isso não existe, a gente sabe da empresa que está sendo feita, dentro da legalidade. Está dentro da lei. A TV joga (a notícia) e sai pra lá e não sei se o município está tomando as providências, um direito de resposta. Como a empresa é de fachada se está fazendo a obra? E o buraco que tinha lá foi um reparo que a Compesa tinha feito, então que acho descabida essa denúncia”.

FIQUE POR DENTRO

O relatório da CGU foi alvo de matéria na edição matutina do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, em que Serra Talhada e o município de Arapiraca (AL) foram citados como exemplos.

De acordo com a matéria, uma das etapas de pavimentação do chamado anel viário, onde se investiu R$ 1 milhão, no trajeto que vai da Avenida Waldemar Oliveira a BR-232, está esburacado e a houve uma sub-locação de serviços por parte da empresa que venceu a licitação.

NOTA DA PREFEITURA

Em nota, a Prefeitura de Serra Talhada defendeu a legalidade da operação e garantiu que os trechos danificados seriam refeitos. Ainda segundo a prefeitura, alguns dos buracos que foram citados na reportagem, foram feios pela Compesa. Confira a nota na íntegra.

Compartilhe isto: