Agora, Serra Talhada vai contar com um caminhão baú com capacidade de armazenar 4,5 toneladas de resíduos sólidos para potencializar a coleta seletiva na cidade. A aquisição do veículo vai ajudar o trabalho de 23 catadores de materiais recicláveis que atuam há dois anos na cidade por meio da Coopecamarest (Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Serra Talhada). O Itep (Instituto de Tecnologia de Pernambuco) é o órgão responsável pela iniciativa, através do programa Recicla Pernambuco, que conta com o apoio da Prefeitura de Serra Talhada.

O prefeito Luciano Duque (PT) participou da entrega, nesta quarta-feira (20), ao lado do presidente do Itep, Frederico Cavalcanti. Para fortalecer o programa na cidade, o poder municipal cedeu motorista para guiar o caminhão baú, o terreno para que a Coopecamarest construa a primeira sede de material reciclável do Sertão do Pajeú e uma prensa para compactar o material recolhido. “E atualmente, enquanto a sede dos catadores está sendo construída, estamos ajudando os catadores com toldos e grades de armazenamento de material”, detalhou Luciano Duque.

Veja também:   Márcia e Gusttavo Lima ganham destaque nacional

Atualmente, três bairros estão sendo atendidos pela coleta seletiva em Serra Talhada. São eles: AABB, Centro e Bom Jesus. O prefeito Luciano Duque já solicitou o trabalho dos catadores também no novo bairro Vila Bela, que será inaugurado em breve com a entrega de 899 residências pelo programa Minha, Casa, Minha Vida. “Mas já estamos estudando a viabilidade de implantar a coleta seletiva em toda a cidade”, disse o petista, que – entre outras inovações – criou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

PRESIDENTE DA COOPERATIVA, MARIA DA CONCEIÇÃO, FEZ QUESTÃO DE ENTRAR NO CAMINHÃO QUE IRÁ FORTALECER AÇÕES AMBIENTAIS NA CIDADE

Para a presidente da Coopecamarest, Maria da Conceição, 45 anos, o caminhão chega em bom momento. “Ah, porque vai nos ajudar muito com o peso. Nós trabalhamos com carrocinhas, e a gente tinha que andar muito com elas até o posto de entrega de materiais. Nós vamos continuar com nossos carrinhos de mão, mas agora, o caminhão é quem vai descarregar no posto de entrega tudo o que vamos colher durante o dia. Será maravilhoso!”, festejou.

Veja também:   Como era viver no Brasil da inflação descontrolada dos anos 1980?

CIMPAJEÚ

Segundo Luciano Duque, as ações da coleta seletiva em Serra Talhada podem servir de exemplo para outros municípios da região, e será uma das pautas prioritárias da sua gestão como presidente do Cimpajeú. “O cerco está se fechando para que as prefeituras acabem com seus lixões, e invistam em iniciativas ambientais responsáveis. Como presidente do Consórcio, vou levar este exemplo da nossa parceria com o Itep para os nossos companheiros prefeitos.”

PRESIDENTE DO ITEP, FREDERICO CAVALCANTI, E O PREFEITO LUCIANO DUQUE PARABENIZAM CATADORES PELA AQUISIÇÃO

Neste sentido, está agendada para o 1º de março um encontro entre os gestores que congregam o Cimpajeú para discutir políticas de resíduos sólidos. Duque fez um convite a professores e técnicos do Itep para apresentar a proposta da coleta seletiva aos representantes do Consórcio. Para o presidente do Instituto, Frederico Cavalcanti, Serra Talhada está sendo pioneira na questão. “E por isso, parabenizamos o prefeito pela iniciativa”.

Veja também:   Marília comenta 'polêmica dos shows' em ST

O programa Recicla Pernambuco é coordenado pelo Itep (Instituto de Tecnologia de Pernambuco), por meio da Unidade Gestora de Projetos de Resíduos Sólidos (UGRS), ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado.

Da Assessoria