Fotos: Pablo Hávila, Especial para o Farol

Publicado às 05h48 deste sábado (7)

Nesse domingo (8) muitos vão chorar a perda de um pai ou de um filho querido e outros vão celebrar e agradecer a Deus pelo milagre da vida, por estarem com suas famílias completas, por pai e filho poder se abraçar neste Dia dos Pais. Pai de 7 filhos, o senhor Valdetudes Barbosa dos Santos, 87 anos, serra-talhadense, vendedor de cereais, é um dos patriarcas grato por estar com sua família saudável e aconselha os pais das novas gerações a instruírem os filhos para o caminho do bem.

Valdetudes, conhecido como Senhor Tudinha, é o pai mais velho que comercializa no Mercado Público de Serra Talhada, onde trabalha há 50 anos, trabalho este que lhe ajudou a criar seus 7 filhos dignamente. Ele nasceu em Água Branca, distrito de Serra Talhada, mas mudou-se para Capital do Xaxado há 60 anos. Cresceu no campo trabalhando com o pai, perdeu a mãe quando tinha apenas 2 anos. Hoje, além dos 7 filhos, tem 12 netos e 1 bisneto.

”Eu vim morar em Serra em 1953, eu tinha 20 anos e comecei trabalhar com meu pai numa budega e em 1961 me casei e comecei trabalhar por conta própria, comecei com uma budeguinha de bebida depois mudei, para cereais e meus filhos trabalhavam aqui comigo enquanto eram solteiros. Cheguei aqui no Mercado Público em 1971 e ainda hoje estou. Criei meus filhos tudinho, a manutenção era meio escassa, mas graças a Deus não passamos muitas dificuldades, meus filhos estudaram, tem uma que trabalha em farmácia, tem uma enfermeira que trabalha na Fiocruz em Recife, tem um filho meu que vende queijo, outro trabalha no estado e os outros trabalham em Recife”, disse acrescentando:

Veja também:   Márcia 'mergulha de cabeça' no apoio ao deputado Danilo Cabral

”Eu me sinto muito bem por ser pai, agradeço a Deus todos os dias por ter criados meus 7 filhos com responsabilidade e todo carinho e nenhum deu para ser ruim, todos são de responsabilidade. A gente tem que ensinar nos filhos a serem educados, não darem trabalhos e se manterem como cidadãos. Que os pais tomem conta dos filhos como devem ser tomado, que evitem que bebam, que derem para marginal, que sejam pessoas de bem com a sociedade e com o mundo e assim todo mundo vive bem”, aconselhou o patriarca.