Publicado às 04h47 deste domingo (9)

Uma professora universitária residente no bairro Ipsep, em Serra Talhada, destruiu parte de um quebra molas em frente a sua residência, durante a pavimentação da rua. A denúncia chegou a redação do Farol através de moradores, que condenaram o ato da docente.

“O comentário é que ela destruiu o quebra mola na sua porta, porque costumava parar o seu carro lá. Isso não existe, O calçamento acabou de ser construído”, lamentou um morador da Rua Projetada 4.

A reportagem do Farol conversou com o secretário de Obras, Cristiano Menezes, que lamentou e condenou a ação intempestiva da moradora. “Estive fiscalizando as obras de pavimentação de várias ruas no bairro Ipsep. Recebi a visita de uma senhora alegando isso, fui verificar e constatei que o quebra mola não prejudica em nada o acesso a sua residência. Portanto, autorizei que continuassem com a execução. Acho que, as vezes, fala empatia nas pessoas”, cravou Menezes.