Foto: Acervo da Família

Publicado às 09h57 deste sábado (13)

Nessa sexta-feira (12), a reportagem do Farol de Notícias conversou com o advogado serra-talhadense Caio Barros, 30 anos, que em 2021 passou em todas as fases do concurso para o Tribunal de Justiça de Alagoas e do estado da Bahia. Caio que ainda criança decidiu ser juiz, correu atrás do seu sonho e agora espera ser chamado para atuar na área que sempre almejou. O seu pai, Eduardo Barros, 57 anos, advogado em Serra Talhada falou com orgulho das conquistas de seu filho.

Caio relata que desde criança tem o sonho de ser juiz, e acredita que foi pelo fato de ter a figura do pai, que é advogado, muito presente em sua vida. “Eu decidi que queria ser juiz quando ainda era criança, talvez pelo fato do meu pai ser advogado, ainda criança eu me encantei pela carreira e achei que esse fosse o meu caminho e segui trilhando até chegar lá. Minha dedicação vem desde a faculdade, começou no ingresso na UFPE, consegui passar na OAB ainda quando cursava Direito. Depois foquei nos estudo para concurso, porque é preciso 3 anos atuando como advogado, passei por esse processo para conseguir meu objetivo”, explicou Caio, acrescentando:

“Ao todo são 5 fases. O concurso inteiro dura de 2 a 3 anos para ser concluído, a inscrição desse concurso de Alagoas foi em 2019 e o resultado saiu agora, depois das 5 fases, eram mais de 15 mil candidatos e ao final só sobraram 100. Hoje exerço a profissão de advogado, inclusive tenho alguns processos em Serra Talhada. Passar nos concursos foi a realização de um sonho, meu e da minha família, meu pai sempre esteve presente apoiando em todos os aspectos, é uma realização minha e da minha família”.

O ORGULHO DA FAMÍLIA

O pai Eduardo Barros (foto), que já atua há 33 anos como advogado, relatou que o filho muito pequeno já falava que ia ser juiz. Ele ainda explica que deu todo o apoio para a realização do sonho do filho e reconhece todo o mérito de Caio, que sempre foi estudioso e dedicado, desde que estudava no Colégio Francisco Mendes em Serra Talhada.

“Ver meu filho passar para concurso de magistrado é a realização de um sonho, já que ele externava esse desejo desde muito pequeno, pequeninho dizia que ia ser juiz, eu dizia que ele ia fazer direito e ele insistia que não queria, queria ser juiz, foi quando expliquei que ele teria que fazer Direito para ser juiz e começou a fazer que ia passar em Direito, mas, que ia ser mesmo era juiz. Ele já falava isso quando tinha 9 anos. Passou em dois concursos, passou no início do ano e passou no concurso do Tribunal de Justiça da Bahia e agora saiu o resultado no Tribunal de Justiça de Alagoas, ele já foi aprovado em todas as fases e agora só está esperando ser chamado”, relatou Eduardo, completando:

“Eu nunca tive o sonho de ser juiz, eu sempre tive o sonho de ser advogado, quando ele externou esse desejo de ser juiz eu dei toda a condição para isso, realmente o mérito é dele porque desde que entrou na Universidade Federal de Pernambuco, já tinha em mente o concurso de juiz. Caio só fez nascer no Recife, mas foi criado em Serra Talhada, estudou a vida toda no Colégio Francisco Mendes e só saiu quando foi para o ensino médio no Recife, ele foi criado em Serra Talhada”, reforçou opai, muito orgulhoso.