Publicado às 19h30 deste sábado (7)

Com informações da TV Asa Branca/Serra Talhada

Por falta de prevenção, os casos de sífilis registrados em Serra Talhada este ano cresceram 144% em comparação com 2016, segundo dados do Centro de Testagem e Aconselhamento – Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE), vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

Os número são alarmantes. De janeiro a dezembro de 2016 foram notificados 44 casos pelo CTA/Sae. Por outro lado, só nos primeiro oito meses de 2017, os registros já atingem 107 casos. A sífilis é uma doença sexualmente transmissível que, se não tratada, pode levar à morte.

Testes preventivos e tratamento para sífilis podem ser adquiridos no CTA/Sae de Serra Talhada gratuitamente. O órgão fica localizado na Rua Padre Ferraz no Centro da cidade.

Janeiro a dezembro – 2016 

44 notificações

Janeiro a agosto – 2017

107 notificações

Fonte: CTA/TV Asa Branca

 

Compartilhe isto: