Oficialmente o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) já selou a ruptura com o governador Eduardo Campos. Entretanto, em Serra Talhada, os cargos indicados pelo deputado Augusto César ainda continuam resistindo na estrutura administrativa do Hemope, Compesa e Ciretran.

Também há uma disputa por cargos no IPA. Mas, por outro lado, o deputado Sebastião Oliveira (PR) e o ex-prefeito Carlos Evandro (PSB) já se movimentam para que seus aliados ocupem as vagas.

Nesta semana, o ex-prefeito Carlos Evandro teve uma conversa reservada com integrantes do governo do Estado, onde a pauta foi os cargos deixados pelo PTB. Segundo o ex-prefeito, ainda não tem nada definido, mas já é certo que a partilha será em comum acordo entre ele e Sebastião Oliveira. “Estamos conversando, mas a decisão final é do governador Eduardo Campos. E não tenho nenhum problema em discutir este assunto com o deputado Sebastião Oliveira”, disse Evandro.

Recém chegado dos Estados Unidos, o deputado Sebastião confessa que começou a se debruçar sobre o assunto, mas não sabe ainda como será feito a partilha. “Ainda não sei se haverá uma conversa separada comigo, e uma outra com Carlos Evandro. Ou se trataremos do assunto de forma conjunta. Estou retornando e vou tratar disso junto ao Palácio das Princesas. Mas não vejo problemas nisso”, disse ‘Sebá’, finalizando:

“Tenho um mandato e acho natural que possa ter alguns cargos em Serra Talhada”. Também estão em jogo os futuros cargos na Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPA-E), que deve ser inaugurada no final do ano.

Veja também:   'Imoralidade já passou dos limites', diz vereador sobre Paulo Câmara em ST