O secretário de Cultura de Serra Talhada, Anildomá de Souza (Domá) disse, durante entrevista de rádio, nessa quinta-feira (8), que anda “tirando leite de pedra” para montar os festejos da Festa da Padroeira de Serra Talhada, a famosa Festa de Setembro. Segundo Domá, o município continua sofrendo com a contingência financeira e a questão de recursos – como nos festejos de Carnaval e São João – ainda é motivo de preocupação. Mesmo admitindo trabalhar com verba mínima, ele garantiu que “tudo irá acontecer com extrema qualidade” e que essa dificuldade não irá inibir a capacidade dele ou do governo em fazer gestão para “realizar uma grande festa”.

O secretário de Cultura enfatizou ainda que não pode ser irresponsável por contratações grandiosas que dão brilho a qualquer evento se depois corre o risco de “correr para o muro das lamentações devendo o todo mundo”. Ele disse ainda que já acionou o que chamou de “metralhadora giratória” em busca de recursos para bancar os gastos da Festa de Setembro no sentindo de aliviar mais os cofres do município.

“A situação não está fácil nem por aí a fora. Está todo mundo tirando leite de pedra. Não podemos gastar mais do que a nossa condição. Não adianta imaginar uma grande Festa de Setembro para depois todo mundo correr para o muro das lamentações, falando que a festa estava linda, mas devendo a todo mundo. Estamos como uma metralhadora giratória em busca de meios e condições que nos ajude a fazer um grande evento”, garantiu o secretário de Cultura de Serra Talhada.

 

Veja também:   Mãe e empresária de ST comemora mais um ano realizando sonhos