Fotos: Farol de Notícias / Max Rodrigues

Publicado às 04h05 desta segunda-feira (19)

Mais uma noite de plateia lotada para assistir a terceira eliminatória do Festival de Calouros Cantando na Concha nesse domingo (18). O destaque da noite foram os jovens que estão iniciando no mundo da música e revelaram muito talento no palco da Concha Acústica, na Praça Agamenon Magalhães, de Serra Talhada. Zé Orlando, organizador do evento, fez as honras para apresentar o show.

As apresentações dos calouros fez o público gritar, torcer e cantar junto com os jovens cantores amadores. A eliminatória contou com a participação de Pedro Malta, Hélio Matheus, Rolicinho Black, Pedro Ferraz, Cristina Silva, William Lima, Clariana Diniz, Melry Silva, Fátima Santos, Pezão Mix e Ana Cláudia, acompanhados pela Banda Vizzu com Diógenes no vocal, Daniel e Chicão nas guitarras, Aladim e Macarrão nos teclados, Cristiano e Fabinho na bateria e Aurélio no contrabaixo.

HOMENAGEM

Zé Orlando começou o evento homenageando Argemiro Pereira Filho, falecido neste domingo (19), com um minuto de silêncio e uma salva de palmas pelo trabalho dele à frente da Rádio Cultura.

Os jurados responsáveis por observar todas as apresentações, dar as notas e escolher os finalistas da noite foram os músicos Júlio Telles, Fábio Livre, Dudu Gonçalves, Silvio do Acordeon e Gabriel Lacerda, que julgaram o ritmo, a voz, a interpretação e a afinação de cada candidato. Dudu e Gabriel também deram uma palhinha no intervalo entre os participantes. Assim como o grande musicista Silvinho do Acordeon, que fez um belíssimo solo em Feira de Mangaio.

APRESENTAÇÕES

Sob uma leve brisa que caiu no meio da noite, Pedro Malta abriu os trabalhos com a música Deusa de Itamaracá. Rolicinho Black agitou o público com a música Babillon Vampire e sua imponente voz. Hélio Matheus, que já participou de outras edições, emocionou com a canção Bem Que Se Quis, com arranjos de jazz e blues.

Veja também:   Explosão em porto na Jordânia mata 12 pessoas e deixa mais de 200 feridos

O quarto participante, Pedro Ferraz, forrozeou no palco do festival com a música, Carta Branca. Em seguida, Cristina Silva levantou sua torcida com a música cristã, Tudo Posso, e foi bastante aplaudida. O sexto concorrente, William  Lima cantou o sucesso Seu Veneno. Depois foi a vez de Clariana Diniz, que interpretou o clássico Chorando e Cantando.

A oitava cantora Melry Silva exibiu sua bela voz com o hino Jó. Fátima Santos realizou seu sonho interpretando com a música pantaneira Tocando em Frente. Mais um reggae veio na voz de Pezão Mix, a música Minha Irmã. A última apresentação foi a de Ana Cláudia, com o ‘breganejo’ Aceito Sua Decisão.

Mais uma noite as crianças também fizeram parte do evento e  deixaram o Cantando na Concha e o pequeno Bernardo encantou com um forró de vaquejada. O jovem Michael acompanhou Zé Orlando em um xote de Luiz Gonzaga, Sala de Reboco e a versão  pé de serra do sucesso de Raimundo Fagner, Espumas ao Vento.

FINALISTAS

Nesta eliminatória 11 participantes se classificaram, mas apenas três estão na final, que realizada no dia 30, no palco Cultura Viva. Hélio Matheus, Melry Silva e Ana Cláudia foram selecionados para concorrer aos prêmios para os primeiros colocados que chegam a quase R$ 5 mil.