Publicado às 14h45 desta quarta, 25

O Falando Francamente é de 2ª a 6ª das 11h às 12h na TV FAROL no YouTube

Fotos: Farol de Notícias/Max Rodrigues

O vereador governista reeleito com 1.323 votos, Zé Raimundo (PP), abriu o coração durante o programa Falando Francamente na TV FAROL no YouTube, nesta quarta-feira (23), e anunciou em primeira mão a desistência da disputa pela presidência da Câmara Municipal de Serra Talhada para o biênio 2021-2022. Ele revelou os motivos de abrir mão da disputa e disse que irá votar no colega Ronaldo de Dja, que ainda não experimentou liderar os trabalhos da Casa Joaquim de Souza Melo.

Provocado pelos telespectadores da TV FAROL a analisar a postura da oposição nestas eleições, Zé Raimundo disse que Victor Oliveira perdeu uma grande oportunidade de fazer um trabalho propositivo pela cidade. “Ele não disse para o que veio”. Ainda, na visão do parlamentar, a briga por poder dentro da própria oposição facilitou a vida do grupo governista. “Eles mesmos foram nossos cabos eleitorais”, sentenciou Zé Raimundo. [Leia a transcrição abaixo ou assista a entrevista que começa em 51 minutos de vídeo].

Veja também:   Carreata dá início as ações da Lei Maria Da Penha em Serra Talhada

AS DECLARAÇÕES SÃO QUENTES! CLICA NO VÍDEO!

SOBRE DESISTÊNCIA DA DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA DA CASA

“…E de forma categórica, eu vou dizer em primeira mão aqui: eu estou retirando o meu nome da [eleição rumo] presidência… Eu sou grupo e faço parte dele, diferente do que muitos tentam desconstruir e passou o mandato levando coisas de inverdade, de até chegar a dificultar minha relação com o governo, eu jamais o farei, não tenho tempo pra isso e não acho que há necessidade disso. E eu hoje voto em Ronaldo de Dja. Todos merecem uma oportunidade: eu já fui [presidente], Nailson já foi, Manoel [Enfermeiro] já foi, Agenor já foi… E tem que se sá oportunidades e até se construir de forma diferente. A minha disputa [pela presidência] iria ser de divisão e de racha e de expor pessoas.”

Veja também:   Monark defende pessoas que consomem pornografia infantil: 'Crime é abusar'

SOBRE VICTOR OLIVEIRA E A OPOSIÇÃO

“Primeiro a própria divisão né, e a divisão por poder. Uma oposição que não convergiu num pensamento? E eu acho que Victor [Oliveira] perdeu uma grande oportunidade de se consolidar como alguma coisa em Serra Talhada. Mas ao contrário, ele passou a ir para o [lado] pessoal tanto com relação a Márcia, tanto com relação a Socorro, e esqueceu de ser propositivo. Um cara jovem, um cara que se diz formado e uma cara que sinceramente não disse ainda ao que veio em Serra Talhada. Nosso trabalho ratificou um resultado, mas – principalmente – mais o Victor, Socorro Brito, respeito ela, acho que deu sua passagem como secretária [de Saúde] e tudo… Mas eles se tornaram cabos eleitorais nossos, quem imaginava de nós ter 18 mil votos de diferença? Ah, porque a gestão foi boa? Por que teve muito vereador? Não, porque a população também não aceitou aquelas provocações”.

Veja também:   'Quem não gostou é só não ir', diz vereador de ST sobre Gustavo Lima

ZÉ RAIMUNDO: “VICTOR PERDEU UMA GRANDE OPORTUNIDADE”