A policia registrou, neste sábado (5), dois casos de violência doméstica na Capital do Xaxado. O primeiro, ocorreu no distrito de Santa Rita, zona rural, vitimando uma agricultora e sua mãe, de 74 anos – que não teve o nome revelado. Segundo informações da Gerência de Controle Operacional da Polícia Militar, o agricultor Iraildo Nunes Barbosa, 20 anos, chegou em casa bêbado, por volta das 20h,  e espancou, com socos no estômago, a esposa Maria das Graças, 35.

Policiais informaram que o jovem chegou a apontar um canivete para a vítima e ainda tentou enforcá-la. Ele ainda destruiu móveis, eletrodomésticos e parte da casa onde morava com Maria das Graças. Ao ouvir a quebradeira, a mãe dela correu para ajudá-la, chegando no  instante em que o agressor enforcava a esposa. Mesmo debilitada, a idosa tentou salvar a filha e também foi agredida. Avistando a chegada da polícia, o acusado fugiu.

Veja também:   Homem resgatado após sumir por 3 meses

Outro caso de violência doméstica foi registrado no bairro Bom Jesus, neste sábado. Um adolescente de 16 anos foi apreendido acusado de bater na própria mãe. Segundo a polícia, a aposentada Francinalda Pereira Miranda, 35 anos, negou-se a dar dinheiro ao filho para tomar cachaça, o que teria provocado um rompante de fúria no jovem, que chegou a apontar uma faca de cozinha para a genitora e agredi-la com socos nas pernas e braços. No momento em que a polícia chegou ao local, o menor destruía pratos e eletrodomésticos. Ele foi conduzido para delegacia.