Publicado às 18h15 deste sábado (20)

O vereador governista, Pinheiro de São Miguel (PTB), pode negar de pés juntos ou até mesmo jurar pela ‘mãe de pantanha’ que não procurou o deputado Sebastião Oliveira para lhe oferecer apoio em 2018, mas ninguém vai dá bola.

Motivo? O deputado estadual Augusto César (PTB) levou a público, neste sábado (20) durante o programa Farol de Notícias na rádio Vilabela FM, que o seu aliado procurou sim Sebastião para uma conversa reservada em busca de uma aliança política entre os dois.

“Eu acho que houve um equívoco dele (Pinheiro) quando ele procurou conversar com Sebastião Oliveira buscando uma alternativa de um entendimento para deputado federal. Isso não só contraria a mim, Augusto César, como contraria todo o grupo político do prefeito Luciano Duque”, sentenciou o deputado petebista.

‘OU EU OU ELE’

Augusto César foi categórico ao dizer que Pinheiro faz parte de um grupo adversário de Sebastião e que qualquer aceno ao republicano pode parecer uma traição.

Diante disso, Augusto ‘puxou a orelha’ de Pinheiro ao rechaçar qualquer intenção do vereador em ficar afagando os dois lados.

“Pois conhecendo Pinheiro como nós conhecemos, Pinheiro é uma pessoa que se confunde comigo. Falar em Pinheiro é falar em Augusto César, está certo?”, lembrou o parlamentar.

Ainda, durante a entrevista, Augusto deixou claro também que Pinheiro deve ter postura e escolher: ou fica com o grupo de Luciano Duque ou debanda de vez para o lado sebastianista.

“Nós somos adversários políticos de Sebastião Oliveira e isso é fato! Então, a decisão de Pinheiro com esse relacionamento não tem o nosso apoio, não tem como fazermos esse entendimento”, disparou César, cobrando:

“Não podemos ficar pela metade, nós somos um grupo e isso não cabe dentro da nossa relação, tendo em vista no passado, quando apoiamos e acompanhamos Sebastião de perto, nós vimos que ele é uma pessoa sem compromisso e sem palavra política, isso é fato! Não tem como a gente trazer o passado para o presente. Então, Pinheiro tem que continuar junto com a gente, sem Sebastião Oliveira.”

Compartilhe isto: