Publicado às 12h47 deste domingo (11)

O deputado estadual Rogério Leão, do PR, deixou claro que está insatisfeito com os movimentos de alguns partidos aliados da base do governador Paulo Câmara.

Falando ao programa Frequência Democrática, na Rádio Vila Bela FM, Leão mirou as críticas no Partido Progressista (PP) do deputado Eduardo da Fonte, que quer impor a formação de uma chapinha que pode prejudicar os deputados do PR.

Aliás, este fato vem alimentando comentário de que o PR pode vir a se aliar com o PTB de Armando Monteiro.

“Como deputado estadual é evidente que eu tenho me sentido bastante incomodado com essa articulação que o PP, de uma maneira especial, tem feito. O PP é um partido da base aliada do governo, um partido que ocupa uma secretaria importante e espaços importantes no governo do estado de Pernambuco, um espaço muito grande. E que tem insistido na formação de uma chapinha que beneficia de uma maneira particular os deputados do PP, prejudicando o conjunto das forças que apoiam o governador Paulo Câmara. De uma maneira especial os deputados do PSB, do PSD e os deputados do PR”, declarou Rogério Leão, arrematando:

“Então, o PP só quer o filé. Quer participar da chapa majoritária e fazer chapinha. Ou seja, quer fazer barba, cabelo e bigode e eu acho que isso não é a maneira correta de quando você faz parte de um time você tem que comer o filé e roer o osso. E é o que nós fazemos, o PR faz isso e é aliado do governo para todas as horas. Nós temos dado nosso apoio a projetos do governo, alguns bastante impopulares, mas mesmo assim nós temos votado a favor em função de ser um governo”.

 

Compartilhe isto: