O prefeito Luciano Duque retorna à Serra Talhada neste final de semana com uma visão realista quanto ao futuro dos municípios.

Durante a Marcha dos Prefeitos, em Brasília, o petista também usou um tom pessimista durante entrevista ao blogueiro Júnior Campos e disse que se não houver mudanças no rumo da economia haverá prejuízos para muita gente.

“O cenário desenhado aí que há uma retomada na economia, se realmente for verdade, isso nos dá um alento. Porque 14 milhões de desempregados e a queda do PIB de mais de 7% em dois anos é praticamente uma catástrofe. Nós estamos vivendo um período de depressão econômica”, disse o prefeito, alertando que se não melhorar os repasses aos municípios uma ‘bomba’pode estourar.

“Creio que se continuar sem a retomada do crescimento, como se pinta aí, e como se diz, a partir de 2018 a lei do teto passa a vigorar e nós vamos ter o mesmo recurso para saúde e educação e nós não vamos ter como manter. Ou seja, vamos ter que fechar serviços para a população e essa bomba vai estourar”, declarou Luciano Duque fazendo questão de justificar a sua teoria. “Ou seja, nós somos obrigados a prestar serviço cada vez mais, com mais eficiência, com uma imprensa cobrando do município, o Ministério Público responsabilizando o município por mais serviços e nós sem dinheiro”.

Compartilhe isto: