Publicado às 10h desta quinta-feira (31)

O Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) nacional do PT já sinalizou, nessa quarta-feira (30), que a aliança com o PSB em torno da pré-candidatura do governador Paulo Câmara é irreversível (Veja Aqui).

Entretanto, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), não trabalha com a hipótese de se aliar ao PSB e deixou claro que vai cair em campo para pedir votos para Marília Arraes e cravar a candidatura própria do PT.

“Quem esperar que eu vou ficar trancado lá no gabinete, eu não vou não. Nessa eleição eu vou estar de porta em porta pedindo voto para Lula e para a nossa governadora Marília Arraes. E tenho certeza que o povo de Serra Talhada entende e compreende que se nós estamos aqui hoje é porque tivemos pessoas que nos ajudaram a chegar. A essas pessoas é quem eu rendo uma grande homenagem, que é o povo da minha terra. Serra Talhada… que amo”, declarou o prefeito.

O recado foi dado na semana passada, durante uma inauguração no bairro da Cohab. Ainda durante o evento, o prefeito petista não recuou e fez duras criticas ao grupo político liderado pelo deputado federal Sebastião Oliveira.

Compartilhe isto: