Foto: Farol de Notícias/Max Rodrigues

Publicado às 03h55 desta sexta-feira (5)

Apesar de defender com unhas e dentes o nome da petista Marília Arraes para governar Pernambuco em 2019, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, não hesitou em elogiar o governador Paulo Câmara, pré-candidato a reeleição, durante o ato da assinatura da ordem de serviço do Hospital Geral do Sertão (HGS), nessa quinta-feira (4). Ao discursar ao lado de adversários históricos, o prefeito reconheceu a ação do governador socialista.

“Marca um tempo diferente, em que demonstra que o senhor (Paulo Câmara) tem coragem e ousadia. O Hospital vai mudar o atendimento de urgência e emergência do Sertão pernambucano. O governador está escrevendo uma página na história de Pernambuco com a construção dessa unidade de saúde”, enfatizou.

No final, quem ficou muito satisfeito com o tom do discurso de Luciano Duque foi o deputado federal licenciado Sebastião Oliveira. O presidente do Partido da República (PR) não esconde de ninguém que sonha em conquistar o apoio do prefeito para reeleição de Câmara. Nos bastidores, caciques do PT e PSB dialogam neste sentido.

O HOSPITAL

De acordo com o governador Paulo Câmara, o HGS que será batizado com o nome do ex-governador Eduardo Campos, irá funcionar em 2019 e contará com cinco salas de cirurgia, 140 leitos de internamento e 20 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O Hospital irá oferecer atendimento ambulatorial nas especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica e neurológica, além de cirurgia geral e vai complementar a rede de saúde da III Macrorregião, que possui 35 municípios e atende uma população de 842.153 habitantes. A III Macrorregião é composta pelas VI, X e XI Regionais de Saúde do Estado de Pernambuco.

Compartilhe isto: