A sessão ordinária da Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST), realizada nesta segunda-feira (2), foi marcada pela leitura do relatório do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), que rejeitou as contas do ex-prefeito Carlos Evandro.

Para rejeição prevalecer, os vereadores precisam seguir o relatório do Tribunal. Já para Evandro sair livre do processo, vai precisar de 10 votos contra o parecer técnico.

“Alguns ousaram colocar em dúvida a nossa postura neste processo e se as contas do ex-prefeito seriam votadas neste ano. O processo está aí à disposição dos vereadores, mas vamos seguir os procedimentos legais”, disse o presidente da Câmara de Vereadores, José Raimundo Filho (PTB), logo após a leitura do relatório.

De acordo com José Raimundo, agora será dado um prazo para Carlos Evandro fazer a sua defesa e em seguida o relatório será posto em votação. “No momento em que todos os procedimentos legais forem cumpridos, as contas serão votadas”, assegurou.

O ex-prefeito Carlos Evandro já tem uma conta rejeitada pela Câmara. Caso sofra mais uma derrota, o sonho de conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco pode se transformar em pesadelo. Hoje, os governistas somam dez votos. Em tese, as contas seriam aprovadas. Entretanto, o FAROL apurou que o PT já fechou questão sobre o tema e vai votar contra Carlos Evandro.

Compartilhe isto: