Por Alana Costa, estudante e moradora da Rua é Nossa Senhora da Penha, mais conhecida como Travessa Dois, bairro Bom Jesus

Publicado às 09h41 desta terça-feira (28)

“Na rua da minha casa tem um poste, na calçada da minha vizinha, que está queimado há mais de dois meses. Já ligaram para a Celpe mais de cinco vezes, minha mãe já ligou, duas vizinhas já ligaram.

Disseram que iam mandar uma prontidão para trocar a lâmpada ou o transformador, não sei o que foi, e até agora nada. Já vai fazer três meses agora no final desse mês.

A rua fica em um escuridão total. Quem estuda à noite, como eu, por exemplo, chego à noite da Uast mais de 22h e desço (do ônibus) lá na Rua Quatro O ônibus para lá e eu tenho que subir a pé.

É muito escuro, a gente tem medo, porque o pessoal não gosta de ficar na calçada por causa da escuridão. Há cerca de um mês e meio uma menina ia passando para a casa da mãe dela lá perto, por volta das 19h, e assaltaram ela, levaram o celular.

A gente quer uma providência da Celpe, porque todo mês a conta é paga e tem lá a taxa de iluminação pública”.

Compartilhe isto: