Da Folha de PE

O posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR 232, na altura do município de São Caetano, no Agreste do Estado, teve uma demanda inusitada neste sábado (14).

Por volta das 9h30, um homem chegou ao posto da PRF e informou que a bolsa da sua esposa, de 43 anos, estourou a caminho do hospital e precisava de ajuda.

O exame de ultrassom, realizado antes, havia mostrado que o bebê estava laçado – com o cordão umbilical em torno do pescoço, e precisava de atendimento especializado.

O policial atendeu prontamente , entrou no carro e conduziu o casal até o Hospital de São Caetano.

Durante o percurso, o parto teve início, mas foi finalizado com sucesso na unidade de saúde.

Mãe e filho passam bem e devem ter alta em breve, para retornar a Belo Jardim, onde a família mora.

Compartilhe isto: