Publicado às 13h40 desta quarta (7)

O líder da oposição na Câmara de Serra Talhada, Antônio de Antenor (PR) e a psicóloga Rosa Mourato levaram a público ao vivo no rádio nesta quarta (7), os nomes de 22 pessoas beneficiadas com isenção na zona azul em Serra Talhada, mesmo após a ameaça de processo judicial anunciada pelo prefeito Luciano Duque [veja aqui].

Ao programa Frequência Democrática, na Vilabela FM, Antenor afirmou que ainda faltava revelar a identificação de mais 14 pessoas, numa lista de cerca de 40 nomes.

Ele justificou a decisão de divulgar os beneficiados após a provocação de Luciano em entrevista de rádio concedida nessa terça-feira (6) em outra emissora de rádio, quando chamou Antenor de ‘despreparado’ e ‘irresponsável’ ao levar o assunto a público dessa forma.

“Se o prefeito não tivesse ido para o rádio falar o que ele falou os nomes aqui iam ficar em sigilo. Eu fui provocado”, devolveu Antônio de Antenor, dizendo que não tem medo de processo, pois estaria fazendo o seu papel de fiscalizar o governo.

Dentre os nomes divulgados no Frequência Democrática, foram citados o do próprio Célio Antunes, chefe da Superintendência de Trânsito de Serra Talhada, e de um irmão do presidente da Câmara Municipal de Serra Talhada, Nailson Gomes.

Saiba mais

Luciano Duque defende zona azul e diz que vai processar vereador

“O vereador foi eleito para denunciar o que está errado, eu quero que o prefeito me processe quando que falar mal da pessoa dele, pois o meu papel de fiscalizar foi o povo que me deu. Não estou como medo de processo, não. Pode procurar os tribunais. E quero perguntar a Serra Talhada: quem é despreparado é o que vereador que fala a verdade ou aquele que vem ao povo para defender mentira? Então, eu não sou despreparado. O prefeito mais uma vez foi infeliz, isso eu tenho que dizer. A não ser que ele não saiba desse beneficiamento”, questionou Antônio de Antenor, justificando:

“Então, jamais eu vou difamar ele, mas denunciar é meu papel. Temos material e testemunhas. Então, quero dizer ao prefeito: estamos esperando! Vou esperar o processo!”

ROSA MOURATO: ‘CONHEÇO MEUS DIREITOS’

Durante a entrevista, a psicóloga Rosa Mourato, que foi a responsável por acionar a oposição com a lista de isenção da zona azul, disse que estava ciente de seus direitos e que não ia se calar diante a ameaça de processo do prefeito Duque.

“Eu conheço os meus direitos e vou atrás deles até onde for. É preciso ter transparência. Quem são essas pessoas, o que elas estão fazendo? Os carros estão servindo de quê? É muito prático alienar um carro, como o caso do irmão do vereador Nailson Gomes, que ele diz que foi agregado (à prefeitura). Se é agregado à frota você ganha por ele então você tem obrigação de pagar impostos. É prático não é? Eu tenho um carro e porque eu faço parte da bancada ou de qualquer outra coisa eu alugo o carro lá… Eu quero que o prefeito Luciano Duque seja transparente e divulgue essa lista, se possível no Farol de Notícias”, disse Rosa Mourato, reforçando:

“Eu estou pronta para ser processada, mas quem vai julgar é o povo, não sou eu não. A Justiça começou a ser feita. Se eu errei, vou ter a hombridade de vir a imprensa pedir desculpas à população, porque é a população realmente que merece respeito”.

NAILSON DEFENDE O IRMÃO

Após a divulgação da lista o presidente da Câmara Municipal, Nailson Gomes, ligou para o programa e entrou ao vivo no debate para defender o seu irmão.

O vereador alegou que ele tem um carro locado pela prefeitura, o qual presta serviço junto a uma secretaria e que por isso tem a isenção no estacionamento.

Nailson, no entanto, fez questão de enfatizar que não estava ligando para o programa somente no intuito de defender estritamente o próprio irmão, mas a legalidade daqueles que têm carros agregados à administração municipal de não pagarem a zona azul.

Para ter acesso aos nomes assista ao programa logo abaixo:

Compartilhe isto: