100 mil beneficiários Bolsa Família com CPF irregular correm risco de bloqueio

Do do BMC News

Essa é uma das ações do governo federal para aprimorar a gestão do programa de assistência social e evitar fraudes no benefício. Quando são detectadas pendências no documento ou no CadÚnico (Cadastro Único), o beneficiário é notificado e tem um prazo de seis meses para regularizar a situação. Se o problema não for resolvido nesse período, o benefício é cancelado.

Regularização do CPF

Para resolver a pendência de CPF no CadÚnico, as famílias devem primeiro verificar a situação na Receita Federal e, se necessário, regularizá-la junto ao órgão. Após essa etapa, é preciso atualizar o CadÚnico para que o benefício possa ser liberado novamente.

Veja também:   Astrônomos encontram Super-Terra que poderia ser um mundo habitável

O processo de consulta do CPF pode ser feito online no site da Receita Federal, seguindo os passos:

  1. Acessar a seção “Meu CPF”
  2. Clicar em “Consultar CPF”
  3. Inserir o número do documento e a data de nascimento do titular
  4. Clicar em “Consultar” novamente
  5. Caso haja pendências, seguir os passos para regularização

A regularização do CPF também pode ser feita por email, formulário online ou presencialmente em um posto de atendimento da Receita Federal.

O que pode levar ao bloqueio do CPF?

Algumas situações podem levar ao bloqueio do CPF do titular do benefício do Bolsa Família, como:

  • Desatualização de dados na Receita Federal
  • Falta de justificação de voto em eleições
  • Bloqueio judicial em nome do titular
  • Mais de um CPF atrelado ao mesmo nome
  • Não entrega da declaração anual de Imposto de Renda, para quem for obrigado
  • Divergência de titularidade
Veja também:   Sandrinho inaugurou novas pavimentações

Importante salientar que a existência de dívidas financeiras no cadastro do beneficiário não afeta o pagamento do Bolsa Família.

Canais de atendimento

Para esclarecer dúvidas, além da notificação enviada pelo governo federal, são disponibilizados canais de atendimento como o Disque Social 121, chat online, formulário eletrônico e o próprio site do Ministério do Desenvolvimento Social.