Foto: Caio Henrique/Divulgação

Publicado às 06h25 deste domingo (20)

A Mostra de Teatro de Serra Talhada chega à sua 12ª edição e ocupará, de quarta (23) até domingo (27), o Museu do Cangaço, o Pátio da Feira Livre, além das escolas Neto Pereirinha, Metódio Godoi e Irnero Ignácio. A programação gratuita reúne 18 espetáculos de todo o estado, além de oficinas e leituras dramatizadas nas unidades de ensino. Diversos gêneros serão contemplados tais como romance, tragédia, drama, comédia, monólogo e musical, e o evento também conta com teatro de bonecos e de rua.

Com curadoria de Anildomá Willans de Souza, Modesto Lopes de Barros e Sebastião Costa, a mostra traz na programação peças como “A Chegada de Lampião no Inferno”, cuja produção é da Fundação Cultural Cabras de Lampião, da própria cidade de Serra Talhada. Também vão subir ao palco alguns dos trabalhos mais premiados do estado, como “Mulambo Mambembe”, “Histórias Para Voar”, “A Revolta das Chupetas”, “A Pega do Boi Melado na Serra do Catolé”, “A Peleja de Severo Para Enganar a Morte”, “Os Causos de Zefinha Parideira”, “Surtados”, e “Bruffa”.

Além dos espetáculos, a programação conta ainda com um tributo ao poeta serra-talhadense Emigdio de Miranda – o vate peregrino, através de uma leitura dramatizada feita por Anildomá Willans de Souza, resgatando suas principais obras. A poetisa de São José do Egito, Isabelly Moreira, apresentará uma outra leitura dramatizada homenageando Dedé Monteiro, Patrimônio Vivo de Pernambuco.

De acordo com a presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião, Cleonice Maria, retomar a Mostra de Teatro de Serra Talhada é uma festa. “Trata-se de um momento de celebração das artes cênicas de Pernambuco, sobretudo por esse momento difícil que estamos vivendo, com a pandemia. Precisamos construir superações, na arte e na vida”, comentou ela.

Veja também:   Em 1966, alunos de escola em ST já tinham noções de música

OFICINAS – A mostra conta ainda com uma série de oficinas. Haverá a oficina de “Teatro de Memória”, que terá como facilitadora a atriz Odília Nunes; a oficina “Dinâmicas de Grupo – Intervenção Psicossocial para Teatro” , com Izaltino Caetano; a “Máscaras de Teatro com Material Reciclado”, facilitada por Romualdo Freitas; além da oficina “Uso do Canto no Teatro”, ministrada  por Didha Pereira; e da “Máscaras de Teatro com Material Reciclável”, com Romualdo Freitas. As inscrições para as oficinas são gratuitas e poderão ser realizadas no Museu do Cangaço e na Casa da Cultura. A programação completa está disponível no site do grupo Cabras de Lampião, no endereço: www.cabrasdelampiao.com.br.

A 12ª Mostra de Teatro de Serra Talhada é uma produção da Fundação Cultural Cabras de Lampião e Agência Cultural de Produção e Criação, tem o apoio cultural da Prefeitura Municipal de Serra Talhada, com Funcultura; Fundarpe; Secretaria de Cultura e Governo de Pernambuco.