Mais de 200 professores e alunos da USP (Universidade de São Paulo) encontram-se desde a noite de sábado (8), em Afogados da Ingazeira. Eles integram o Projeto “Bandeira Científica”, que trará serviços e atendimento de saúde à população. O desembarque aconteceu na tarde deste sábado (8), na base aérea do Recife. A missão chegou em dois aviões Hércules da Força Aérea. Em Recife, professores e estudantes foram recepcionados pelo Vice-Prefeito de Afogados, Augusto Martins, pelo Prefeito eleito, José Patriota.

Em sua 15ª edição, o projeto tem o apoio da Prefeitura de Afogados e de diversas empresas de São Paulo. A cidade foi selecionada para sediar a expedição, que ocorrerá entre os dias 10 a 18 deste mês, depois de uma triagem de mais de mil cidades do país. O município foi escolhido por atender os critérios do projeto, como ter de 25 a 35 mil habitantes, possuir mais de 50% da cobertura pelas unidades estratégias Saúde da Família e o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) entre 0,4 a 0,7. No ano passado, a edição do Bandeira Científica foi na cidade de Belterra, no Pará.

Veja também:   'Quem não gostou é só não ir', diz vereador sobre Gustavo Lima

Da Assessoria