Afogados vai sediar etapa do projeto Cariri Cangaço

Da Assessoria

O Cangaço foi um importante fenômeno histórico-social que marcou a história do Nordeste no final do século XIX e primeiras décadas do século XX.

O Pajeú, não apenas por ter sido o berço de nascimento de Virgulino Ferreira, o “Lampião”, principal personagem do cangaço, mas também por terem nascido na região personagens importantes do cangaço como o cangaceiro Antônio Silvino e o tenente João Bezerra, policial que comandou a volante que matou Lampião e quase todo o seu bando.

Em reconhecimento à importância que a região do Pajeú tem para a história do cangaço, o projeto Cariri Cangaço irá realizar em Afogados da Ingazeira um importante simpósio sobre o tema no próximo mês de abril.

Veja também:   Morador de ST se revolta e cobra limpeza de lixo

O Cariri Cangaço é um projeto que reúne historiadores, estudiosos e pesquisadores com o objetivo de divulgar, estudar, pesquisar e debater esse importante período de nossa história.

Durante o último simpósio do grupo, realizado no município paraibano de Catolé do Rocha, o Secretário de Cultura de Afogados, Augusto Martins, esteve presente e recebeu o estandarte do projeto simbolizando que Afogados será a próxima parada.

“Será um evento muito importante, que contará com o apoio da Prefeitura de Afogados. Afogados da Ingazeira é uma importante referência para a história do cangaço no Nordeste. Somos a terra que foi nascer Antônio Silvino e o tenente João Bezerra. Reuniremos aqui, no mês de abril, alguns dos maiores estudiosos do cangaço em uma programação que vai conter com debates, palestras, visitas técnicas, feiras de livros, dentre outras. A programação também envolverá cidades como Iguaracy, Ingazeira e Carnaíba, que também estiveram na rota do cangaço,” destacou o Secretário Augusto Martins.

Veja também:   PE confirma dois pacientes com Candida Auris

Ele esteve acompanhado dos integrantes da comissão organizadora do evento que será realizado em Afogados, os historiadores e pesquisadores do cangaço Hesdras Souto, Luiz Ferraz, Lourinaldo Teles, Moustafa Veras e Tailene Barros.

Para o curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo a: “chegada do empreendimento ao Alto Pajeú significa o reconhecimento de todo o Brasil à força da memória, história e tradição de Afogados da Ingazeira. Como também de toda região, uma vez que será em consórcio com as cidades de Carnaíba, Ingazeira e Yguaraci. Será uma grande festa regional sediada aqui. Gostaríamos de agradecer todo o apoio da gestão municipal, através do prefeito como também o secretário de cultura Augusto Martins”.

Veja também:   Governo de PE divulga concurso da PM e CBM

Quem quiser se inteirar sobre o assunto e conhecer as ações desenvolvidas pelo projeto, pode seguir o perfil do grupo no Instagram: @cariricangaco