Agência investiga denúncia de crime ambiental em ST

Foto: Arquivo Farol de Notícias / enviada pelo leitor

Publicado às 05h54 desta sexta-feira (24)

A Agência Municipal de Meio Ambiente de Serra Talhada (AMMA) investiga a denúncia de crime ambiental na Avenida Afonso Magalhães, após matéria do Farol de Notícias com reclamação do professor da UFRPE-UAST, Wellington Jorge, que comentou a derrubada de uma árvore da espécie algaroba nas proximidades do viaduto da cidade.

A nossa reportagem conversou com o presidente da AMMA, Ercílio Ferrari, sobre o caso. Segundo ele, os técnicos da agência visitaram o local, conversaram com os populares e estão investigando o crime, que se confirmado, poderá sim gerar punições para os responsáveis.

Veja também:   Mulheres são nomeadas para importantes instituições financeiras no Oriente Médio

“Segundo as leis do município é crime sim o corte da árvore. Estamos investigando o caso, a nossa fiscalização fez diligência no local, registrou o caso, conversou com a vizinhança, porém ainda não identificamos quem cortou e quem mandou cortar a árvore. Vamos tentar chegar até o culpado para tomar as medidas legais cabíveis. O crime caracterizado é passível de multa e reparação do dano causado, para a população não sair prejudicada”, detalhou Ferrari.

DENUNCIE CRIMES AMBIENTAIS

Os serra-tahadenses que flagraram esse possível crime ambiental ou qualquer outro pode entrar em contato com a Agência Municipal de Meio Ambiente de Serra Talhada (AMMA) e realizar sua denúncia anônima através do telefone (87) 99667-1234.

Veja também:   Aprovação a Luciano Huck cresce 17 pontos, afirma Ipsos