ST registra 437 casos de violência contra a mulherPublicado às 10 desta segunda (17)

Além de uma preocupante alta nos casos de estupros em 2019 [veja os números], Serra Talhada registrou no ano passado um aumento de 8% em denúncias de violência contra a mulher, segundo dados fornecidos pelo setor de estatísticas da Polícia Civil de Pernambuco, por solicitação do Farol de Notícias. Na maioria das ocorrências, as agressões partem de namorados, maridos e ex-companheiros.

Em 2018, a Delegacia local registrou 404 queixas de violência doméstica. No ano seguinte, foram 437 autuações na Lei Maria da Penha na Capital do Xaxado. Apesar da grande quantidade de casos, os números revelam uma maior coragem e atitude das mulheres em não deixar barato e denunciar as agressões com a expectativa da busca de proteção do estado.

Veja também:   Márcia fecha 2022 com quase R$ 800 mil em salgadinhos

Outro dado importante é sobre a queda do número de feminicídios. Na comparação entre 2018 e 2019, houve uma diminuição de 75% nos crimes do tipo. Em 2018, Serra Talhada havia contabilizado 4 casos. No ano seguinte, a Delegacia local registrou apenas um. Confira o balanço preparado pelo Farol.

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER EM SERRA TALHADA

2018 – Ocorrências

JAN – 33 casos| FEV -28 | MAR – 29 | ABRI – 32 | MAIO – 51 | JUN – 34 | JUL – 24 | AGO – 29 | SET – 24 | OUT – 39 | NOV – 39 | DEZ – 32 | TOTAL = 404

Veja também:   Flores amplia a oferta de serviços aos agricultores

2019 Ocorrências

JAN – 31 | FEV -28 | MAR – 39 | ABRI – 29 | MAIO – 32 | JUN – 37 | JUL – 40 | AGO – 40 | SET – 18 | OUT – 57 | NOV – 36 | DEZ – 40 | TOTAL = 437

LEIA MAIS

Casos de estupro crescem em Serra Talhada