Do Diario Pernambuco
Berlim, Alemanha – A Alemanha, que fechou bares, restaurantes e outros estabelecimentos durante um mês, começa a ver os “primeiros sinais” de melhora na curva de contágios de novo coronavírus, afirmou nesta quinta-feira (12/11) o instituto de controle de doenças Robert Koch.
“A curva está achatando”, declarou o diretor do instituto, Lothar Wieler, durante uma entrevista coletiva.
Ele disse ainda que as medidas de restrição, como o”distanciamento físico ou o uso de máscaras, vão nos acompanhar por muito tempo”.
A Alemanha registrou 21.866 novas infecções nas últimas 24 horas, segundo o instituto Robert Koch.
A situação continua sendo “muito grave”, recordou Wieler.
“Devemos evitar o agravamento da situação […] Nosso objetivo é levar as infecções a um nível que nosso sistema de saúde consiga suportar”, completou.
A Alemanha, que conseguiu controlar a primeira onda da pandemia de Covid-19 durante a primavera (hemisfério norte), registrou o aumento do número de novos casos nas últimas semanas.
A aceleração levou o país a endurecer as medidas de restrição, com o fechamento de restaurantes, bares, museus, teatros e academias.
A chanceler Angela Merkel e os governantes regionais se reunirão na próxima segunda-feira para fazer um balanço da situação e decidir novas medidas.
Veja também:   Corpos achados em caminhão tinham tempero para esconder cheiro