Publicado às 05h07 desta segunda-feira (15)

Informe Especial Publicitário/Da Assessoria

Os alunos de engenharia da Faculdade de Integração do Sertão (FIS) tiveram um dia produtivo ao visitar o Loteamento Villa São Miguel, primeiro bairro planejado de Serra Talhada. O intuito foi realizar uma visita técnica à obra de uma escola municipal que será construída dentro do loteamento, reforçando a qualidade e diversidade dos serviços que o empreendimento oferece para os clientes. Todos os protocolos de segurança foram seguidos, por conta da pandemia.

O diretor comercial do Villa, Emanuel Villar, recebeu os alunos e apresentou todas as soluções de arquitetura e engenharia que estão sendo aplicadas com exclusividade pelo residencial. A concepção do projeto teve como princípio a observação e atendimento aos requisitos legais e, a partir daí, ideias e conceitos foram colocados em prática para obter maior qualidade de vida aos futuros habitantes.

O engenheiro civil e professor, Nailson Pacelli, coordenou a visita. Vale lembrar que a escola estará dentro dos padrões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Serão 12 salas, tendo uma capacidade total para mais de 750 alunos – que irão ter à disposição uma quadra poliesportiva.
As obras seguem em ritmo acelerado, já com serviços de infraestrutura e fundação executados, tudo sob responsabilidade da empresa W. Andrade Construtora. A previsão é de que sejam investidos mais de R$ 4 milhões para o atendimento das necessidades educacionais dos moradores.

O loteamento está localizado no ponto mais alto do município, favorecendo a ventilação. Em parceria com a Prefeitura de Serra Talhada, está sendo implementado o plano de arborização através do Projeto Semear, o qual visa fornecer mudas de espécies nativas da região em benefício da população.
“Através do Projeto Semear teremos a criação de um verdadeiro microclima no Residencial Villa São Miguel, onde mais de 2.000 árvores de espécies nativas da caatinga serão plantadas, favorecendo não só a beleza exuberante proporcionada, como também promovendo o retorno de pássaros e da fauna de nossa região.

Espécies como Pau D’arco, Aroeira Rosa, Imburana, Pata de Vaca, Angico, Mulungu e Caraibeiras serão plantadas”, enfatiza Emanuel Villar.

Ao final da visita, como símbolo do pioneirismo das ações, os alunos foram convidados a plantar uma muda de Pau D’arco. “O Loteamento Villa São Miguel apresenta inovação para região do semiárido, desenvolvendo soluções inovadoras para tornar a vida do morador mais prazerosa. Definitivamente um lugar para quem busca qualidade de vida e paz”, comentou um dos alunos.