Do G1

Anitta entrou de moto no palco nesta sexta-feira (15) no Coachella, festival de música pop mais importante do mundo, na Califórnia, nos EUA.

O cenário do início do show da cantora tinha projeções que imitavam uma favela. O rapper Snoop Dogg participou do início do show e apresentou Anitta.

Logo depois Snoop Dogg cantou com ela “Onda diferente”, que abriu o show. O rapper participa da faixa lançada em parceria com Ludmilla.

Ela chegou vestida com as cores da bandeira do Brasil, em um dos três looks que ela usou ao longo do show.

A apresentação chegou a ter 40 bailarinos ao mesmo tempo no palco, segundo a assessoria da cantora. O cenário também foi mudando e, além da favela, também imitou “paredões” de som.

A rapper norte-americana Saweetie também participou no início do show. Ela cantou “Faking love”, lançada em parceria com Anitta.

‘Envolver’, ‘Sanfoninha’ e bossa

O hit “Envolver”, que chegou recentemente ao primeiro lugar da parada global do Spotify, e músicas como “Vai Malandra”, “Sua cara”, “Rave de favela” e “Bola rebola” estavam no repertório do show.

Ela dançou o funk do “Movimento da sanfoninha” e cantou até um trecho da bossa nova “Garota de Ipanema”, emendada com sua música “Girl from Rio”.

Destaque inédito no Coachella

O Brasil nunca teve tanto destaque no Coachella, principal festival de música pop do mundo, como em 2022. A prova disso está no cartaz do evento.

Anitta e Pabllo Vittar cantam no festival nos EUA. As atrações principais, no topo da lista, são Harry Styles, The Weeknd e Billie Eilish. Anitta se apresenta nas sextas (dia 14 e 21) e Pabllo está escalada para os sábados (15 e 22).

Veja também:   Guerra na Ucrânia entra em 'fase prolongada'

Antes das cantoras, o maior destaque que o pop brasileiro havia tido em um cartaz de Coachella era uma sexta linha no pôster. Isso aconteceu três vezes: com o trio paranaense Bonde do Rolê, o grupo paulistano Cansei de Ser Sexy e o cantor-ator Seu Jorge.