4d24b92e-fed1-4fca-af2e-6d42082d2117

Fotos enviadas por Matheus Nunes ao Farol de Notícias

Mais um jovem serra-talhadense que sonha em cursar Medicina se destaca nas provas de vestibular no estado. O estudante Matheus Nunes Ribeiro, de 22 anos, que desde 2012 se prepara para o Enem, este ano conquistou 980 na nota da redação. Matheus mora na Casa do Estudante de Pernambuco, em Recife, e fazia cursinho pré-vestibular há três anos, além de estudar cerca de oito horas por dia. O FAROL DE NOTÍCIAS conversou com Matheus Nunes, que nos contou sobre o desejo de ser médico, sua rotina diária de estudos, o apoio e orgulho da família e amigos e, claro, a felicidade de estar prestes a entrar na faculdade.

“Eu faço cursinho desde 2012 e minha rotina sempre foi muito puxada, acordava 6h ou 7h e estudava em casa, me agradava estudar em casa ao invés de ir ao cursinho. Estudava umas quatro horas pela manhã, almoçava, descansava e a tarde ia para o cursinho. Voltava entre às 21h ou 22h, jantava e continuava estudando até mais ou menos meia noite. Em média tinha a rotina de oito horas de estudo por dia. Fazia uma redação por semana toda semana, com diversos temas. Nas demais competências eu tirei 600,8 em Linguagens, 689,5 em Ciências da Natureza, Ciências Humanas 731, e 797,9 em Matemática”, explicou o estudante.

notasmatheus

Matheus ainda aguarda o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), onde sua média geral 759,84 está concorrendo ao curso de Medicina nos campus da Univasf em Paulo Afonso e Petrolina. Segundo ele, seus pais Edna Nunes e Edson Ribeiro sempre o apoiaram nessa caminhada.”Eu vim para Recife com o intuito de passar em Medicina, sempre quis ser médico. O apoio foi fundamental nessa caminhada, meus principais incentivadores com certeza foram os meus pais, eles estiveram todo tempo do meu lado. Eles compraram um sonho meu, meus amigos também. Eu sempre estudei em colégios particulares, no Francisco Mendes e na Imaculada Conceição”.

Veja também:   Pesquisa revela Marília na dianteira e 2º lugar 'embolado'

A reportagem do FAROL também conversou com a professora Edna Ribeiro, mãe de Matheus, que falou das dificuldades que o filho enfrentou e da expectativa para o resultado final. “Eu fiquei muito feliz, muito feliz por mim e mais feliz ainda por ele. É um sonho que ele quer realizar e eu quero que esse sonho se concretize. Estou agora na expectativa e na esperança do resultado do Sisu. A emoção está aqui, no meu coração. Foi um grande sacrifício dele, ficou no Recife, na casa do estudante, conseguiu com o esforço dele, nos cursinhos, sempre se dedicando bastante. Sempre foi um menino muito esforçado, eu só tenho que me orgulhar dele, tanto eu como o pai dele”, exaltou Edna, cheia de satisfação.

b8e80848-5a4e-4173-b711-ad725deef02f

Matheus ao lado de seus pais Edson e Edna e a irmã Letícia, família reunida no incentivo ao estudante