Publicado às 15h25 desta quinta (6)

A secretária de Saúde e pré-candidata do governo pelo PT, Márcia Conrado, chamou de “parceira” a adversária e pré-candidata a prefeita pelo PSL, Eliane Oliveira.

Falando ao programa Frequência Democrática, na rádio Vilabela FM, nesta quinta-feira (6), Conrado disse que “crê que a intenção dela [Eliane] é a mesma que a minha que é beneficiar os cidadãos serra-talhadenses”.

Nessa quarta-feira (5), Eliane anunciou que conseguiu uma emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil junto ao presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar. O dinheiro, segundo a pré-candidata, deverá ser destinado para a construção de um centro de oncologia no Hospital Geral do Sertão.

“Mas que seja bem vinda essa emenda, investimento na saúde nunca é demais né”, avaliou Márcia Conrado, comentando: “A gente está em busca de parceria e que ótima que ela [Eliane] está sendo uma parceira. É isso que a população de Serra Talhada precisa. Não das críticas destrutivas, mas construtivas, que a gente se una, que tenha um diálogo”.

PORÉM MÁRCIA DIZ QUE AGIU ANTES 

Apesar de parabenizar Eliane pela iniciativa, Márcia Conrado tentou esclarecer que muito antes da adversária do PSL, já havia agido junto ao então secretário de Saúde de Pernambuco, Iran Costa, garantindo a inclusão de um setor de oncologia ainda na planta do Hospital Geral do Sertão.

“Vocês não estão lembrados, mas na planta do Hospital [Geral] do Sertão não tinha setor de oncologia. Como a gente não conseguiu habilitar [junto à rede complementar de saúde] um setor de oncologia que veio para a clínica São Francisco, Dr. Iran [Costa] que na época era secretário estadual [de Saúde] teve essa sensibilidade, eu fui inúmeras vezes à Recife conversar com ele, mostrar a quantidade de pacientes que a gente tem em tratamento oncológico em Recife, mostrar as dificuldades e mostrar o sofrimento desses pacientes. E aí ele conseguiu incluir [o setor de oncologia] dentro dessa planta [do HGS]”.

Veja também:   Se o PT tivesse autonomia, Gusttavo Lima não 'cantaria'

“[Então] Já tem na planta”, reforçou a pré-candidata pelo PT: “Antes de Dr. Iran sair da Secretaria Estadual [de Saúde] a gente já tinha tido uma conversa, já tinha mostrado onde vai ser… Enfim, já tem na planta sim. E eu tenho certeza que com todos esses novos empreendimentos, essas novas assistências, a população de Serra Talhada vai sair ganhadora.”